sábado, março 18, 2017

PI: Mãe é presa acusada de matar o próprio filho por não aceitar fim do relacionamento

A mulher suspeita de matar o próprio filho no município de Alto Longá nesta sexta-feira (17/03), teria dito a polícia que o que motivou o crime foi o fim do relacionamento com seu então marido, que era pai da criança.
A criança de dois anos morreu após ser estrangulada e chegou a receber atendimento médico na cidade, mas não resistiu e morreu.
O caso aconteceu no povoado Santa Rita a policias prenderam a mulher, que foi conduzida em estado de choque para a Central de Flagrantes em Teresina. Ela teria negado o estrangulamento.
Populares afirmaram ao 180 que a mãe, identificada como Joana, tinha transtornos e não era a primeira vez que teria tentado matar a criança.
O pai do menino não estava em casa na hora do ocorrido e foi ao Instituto Médico Legal na capital acompanhar a realização da perícia e a liberação do corpo.
Fonte: 180 Graus