terça-feira, maio 30, 2017

CHARGE: Nas mãos do TSE, mandato de Michel Temer está por um triz

Presidente corre contra o relógio para salvar mandato antes do julgamento da chapa Dilma-Temer.
Temer, que corre contra o tempo para aprovar reformas para a economia, agora tem o tempo como o fiel da balança para seu destino político. A impressão que se tem é que, dessa vez, ele vai querer que passe mais rápido.
Se a sentença for negativa para um dos dois, as defesas devem recorrer ao STF. A princípio, até que a mais alta corte do país dê seu veredito, o efeito da decisão do TSE fica suspenso. “Ao jogar a decisão para próximo do calendário eleitoral de 2018, aumenta o constrangimento”, diz Rafael Cortez, da Tendências Consultoria.
Fonte: Jota A
Texto:Exame.com