.Publicidade

.Publicidade

quarta-feira, maio 10, 2017

Mulher de muleta e pinos na perna é barrada em porta de banco no Piauí

Dona Maria Gonçalves, 52 anos, moradora da zona rural de Piripiri, precisou ir ao centro da cidade resolver problemas na agência do Bradesco. Ela possui dificuldades de locomoção e utiliza muletas, além de possuir pinos de metal em uma das pernas e por conta disso foi barrada na porta giratória com detector de metal, e mesmo percebendo a visível situação de saúde da cliente, não abriram exceção, nem facilitaram sua entrada, gerando um constrangimento.
A senhora então procurou a imprensa, através do site PiripiriReporter.com, que a acompanhou até a agencia e tentou novamente entrar, mas sem sucesso. Ao perceber a presença de repórteres, funcionários do banco não permitiram que eles entrassem e tentaram justificar o ocorrido informando que o equipamento é para a proteção das pessoas que estão do lado de dentro, e disse que não havia exclusão, pois dentro tinha inclusive um cadeirante.
A senhora explicou novamente que é dependente da muleta, dos pinos de metal em uma das pernas. O funcionário da agência conversou com ela por cerca de 10 minutos, até que finalmente deixaram ela entrar. Uma das obrigações da agência é facilitar o acesso aos clientes, inclusive de alguns com suas dificuldades individuais.
Fonte: Piripiri Repórter