Publicidade

Publicidade

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Vereadora do RS chama nordestinos de ladrões: "só sabem roubar"; VEJA O VÍDEO

                               A vereadora Eleonora Broilo (PMDB-RS)
Pronunciamento de vereadora da cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, provocou indignação nas redes sociais. Depois da repercussão, Eleonora Broilo tentou se justificar e disse que foi mal interpretada. O vídeo (assista abaixo) do discurso de uma vereadora da cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, está repercutindo nas redes sociais e tem provocado indignação.

Em sua fala, proferida nesta segunda-feira (22), Eleonora Broilo (PMDB) destilou preconceito contra nordestinos.
“Eu acho que os nordestinos sabem muito bem se unir, sim, para roubar. Eles sabem ganhar propina. Eu acho que eles sabem se unir para aumentar a corrupção. Isso eu acho que eles são donos. Isso eu concordo plenamente. Talvez até eles não saibam nem falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha”, declarou em plenário.
Eleonora Broilo é pediatra. Conquistou a penúltima vaga para a Câmara Municipal de Farroupilha após receber 754 votos, em 2016.
No Facebook, a vereadora se defendeu. Alegou que a frase está descontextualizada. E que falava sobre políticos nordestinos, “não sobre o povo nordestino”.
A vereadora alega que sua fala era uma resposta ao colega Raul Herpich (PDT). Na mesma sessão, o pedetista criticou os deputados gaúchos e afirmou que eles “mal e mal falam entre si” para defender os interesses do Estado, ao contrário dos “nordestinos, que se unem e sabem fazer política”.
A declaração foi dada em uma discussão sobre o atual momento político do país, em que o presidente Michel Temer (PMDB), correligionário de Eleonora, é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça, e diversos políticos, inclusive gaúchos, são citados em escândalos envolvendo desvios de dinheiro público.
Em nota, o presidente da Câmara Municipal de Farroupilha, Fabiano André Piccoli (PT), informou que abrirá um processo contra a vereadora no Conselho de Ética.