Publicidade

Publicidade

sábado, 17 de junho de 2017

Suspeitos de homicídio em Parnaíba são presos no Distrito Federal

A Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba (DHTL) e Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea, com o apoio da Polícia Civil do Distrito Federal, através da Divisão de Inteligência Policial (DIPO), deu cumprimento a mandado de prisão temporária em desfavor dos nacionais Gilvan Oliveira Marques, vulgo "Biscoito" e Diego Maradona dos Santos Barros, nas primeiras horas da tarde de hoje, 17/06/2017.
A prisão foi realizada em Ceilândia-DF, e se deu após uma intensa investigação realizada pela DHTL de Parnaíba, que após inúmeras diligências logrou êxito em elucidar o homicídio cometido contra o adolescente Rômulo Santos Vieira, ocorrido no dia 02/05/2017, nas imediações da Rua Oeste, bairro Piauí, nesta cidade. (REVEJA A MATÉRIA)
                                                  Cópias dos mandados
Segundo as investigações o crime foi decorrente de uma cobrança de dívida relacionada ao tráfico de drogas, sendo Gilvan, vulgo "Biscoito" o mandante do crime, e o indivíduo Diego Maradona o executor. A proprietária da motocicleta utilizada e partícipe no crime, Najala dos Santos Barros (esposa de "Biscoito" e irmã de Diego) foi presa na última semana em Parnaíba, enquanto tentava fugir para Brasília, onde se encontravam escondidos os até então foragidos, presos hoje.
"Biscoito" e Diego já são bastante conhecidos no meio policial da cidade de Parnaíba, ambos detentores de extensa ficha criminal, tendo como antecedentes acusações por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo majorado, dentre outros.
Com a prisão dos dois foragidos, as investigações relacionadas ao homicídio se encontram concluídas, com as condutas dos envolvidos totalmente esclarecidas, assim como a motivação do crime. Todavia, as investigações quanto ao crime de tráfico de drogas continuam em andamento na DHTL de Parnaíba.
Gilvan e Diego se encontram recolhidos no sistema prisional do Distrito Federal e serão recambiados para a comarca de Parnaíba nos próximos dias, onde ficarão a disposição da justiça local.
Uma entrevista coletiva será realizada na manhã da próxima segunda feira, dia 19/06/2017, na sede da Delegacia Regional de Parnaíba, onde serão esclarecidos maiores detalhes do caso.
Fonte: Portal do Catita