.

quarta-feira, junho 07, 2017

Embraer aproveita alta temperatura de Teresina e testa novo jato

O internauta Raphael Barbosa flagrou o jato estacionado no pátio do aeroporto Petrônio Portela, em Teresina
Teresina fez parte nesta quarta-feira (7) da campanha de certificação do E195-E2, considerado o mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas produzido pela Embraer. Na prática, a empresa está testando o novo jato da família de E-Jets, apresentado em março deste ano e com voo inaugural realizado no dia 29 daquele mês. 
Dois aviões estão sendo usados nos testes. Um para ensaios de aerodinâmica e desempenho, enquanto o segundo faz validação de tarefas de manutenção e de interior.
A visita a Teresina foi feita para testar a APU (Auxiliary Power Unit), que tem como objetivo prover energia para iniciar os motores principais da aeronave.
Para o jornalista e piloto de avião Dowglas Lima, o calor de Teresina pode ter sido um dos motivos que levou a empresa a testar a aeronave na região. "O jato ainda está em processo de testes de certificação para poder começar a transportar passageiros - e toda aeronave nessa fase precisa ser testada em seus limites. As fábricas colocam os aviões para operar em temperaturas extremas, tanto altas quanto baixas, para aferir dados de performance, que serão expostos nos manuais", explica.

O avião pousou em Teresina na terça-feira vindo de Araraquara (SP) e decolou ao meio dia de hoje com destino a São Paulo. O jato deverá entrar em serviço no primeiro semestre de 2019. A Azul Linhas Àéreas será a primeira companhia a utilizar o E195-E2. Em 2004 o Embraer 190, antecessor deste novo jato, também fez voos de teste para a capital do Piauí.
A aeronave
O E195-E2 tem três fileiras a mais de assentos quando comparado ao E195 da atual geração, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 em classe única. A aeronave também tem aumento significativo de alcance, de mais de 800 quilômetros (450 milhas náuticas), o que possibilitará viagens de até 4.500 quilômetros (2.450 milhas náuticas) de distância.
(Com informações da Embraer)
cidadeverde.com