segunda-feira, julho 31, 2017

Baleado no peito, homem esfaqueia gravemente o rival, em Parnaíba

Mesmo com um tiro no tórax, o magarefe Renaldo dos Santos de Oliveira, 45 anos, esfaqueou gravemente seu desafeto, identificado como “Zezinho”, por volta das 19h30 de domingo (30/07), na comunidade Vazantinha, zona Rural de Parnaíba.
Renaldo relatou que chegara da praia junto com a esposa e a neta e viu seu irmão Francisco das Chagas dos Santos de Oliveira, 27 anos, sendo agredido por “Zezinho”, que estava armado com revólver, durante uma bebedeira próximo ao campo de futebol.
Para evitar que seu irmão fosse morto, Renaldo foi para cima de “Zezinho” que efetuou disparos; mas conseguiu se defender e juntou uma faca. Já perto de seu rival, Renaldo foi baleado, a queimar roupa, no tórax; mas segurou “Zezinho” e o esfaqueou várias vezes, deixando-o em estado grave.
“Zezinho” foi levado para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) por meios próprios e ainda foi derrubado na entrada pelos que não aguentaram seu peso. Renaldo Oliveira também foi atendido e levado para o Pronto Socorro. A Polícia Militar seguiu para o local. Depois, já na Central de Flagrantes ainda com soro sendo aplicado, disse que não ia deixar matarem seu irmão e foi intervir.
Questionado sobre seu apelido, Renaldo disse que é “Pato Donaldo”, porque sabe imitar a voz do personagem. Assim o fez e na imitação trocou de apelido para “Peito de Aço”, enquanto caia na gargalhada. Perguntado sobre o motivo das agressões disse que era cachaçada. O delegado plantonista Rodrigo Mello liberou Renaldo Oliveira justificando que o conduzido agiu em legítima defesa. Segundo a polícia, “Zezinho” é conhecido pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e roubo.
Por Daniel Santos
Portal Costa Norte