sexta-feira, julho 21, 2017

Em reunião no gabinete da presidência da Câmara gestores da segurança pública anunciam mudanças

O Secretário de Segurança Pública do Piauí, Fábio Abreu, O Comandante da PM do Piauí Carlos Augusto e o comandante do 2º Batalhão da PM Major Osmar, Adriano Lucena, além do Major Rivelino do Corpo de Bombeiros e do Delegado Geral da Polícia Civil Riedel Batista participaram no gabinete da presidência da Câmara de uma reunião sobre segurança em Parnaíba.
Compareceram à essa reunião quinze, dos dezessete vereadores. O objetivo desse encontro foi buscar entendimento entre o poder legislativo e as forças de segurança, no que pode ser feito para melhorar a sensação de estar protegido para os parnaibanos.
O secretário Fábio Abreu garantiu para os vereadores que haverá ainda neste ano o envio de 80 policiais para compor o efetivo da PM em Parnaíba, mas que antes disso, será mantida a permanência de pelo menos 30 policiais a mais, contribuindo para um melhor trabalho ostensivo.
Cada vereador defendeu um ponto de vista sobre o tema, a possibilidade de contribuir no que for necessário para ajudar a PM a diminuir qualquer deficiência que houver, não foi descartada.
Ao que parece, os vereadores que estão mais próximos ao prefeito Mão Santa (SD), politicamente, defenderão uma ação integrada dos agentes da guarda patrimonial e civil com a PM.
Mas o pensamento predominante nesse encontro, veio de uma constatação, o combate ao crack deve ser fortalecido com ações que deverão contar com o apoio dos vereadores da Câmara.
“Hoje existem dados que afirmam, que no nosso estado 98% dos municípios foram afetados com o crack; ou seja, temos a causa, agora é preciso também combater na origem de todo o problema” defendeu o vereador Daniel Jackson.
A vereadora Neta Castelo Branco (DEM), ficou otimista com a atenção dada pelo comando da PM no estado, ao vir até à Câmara ouvir o que tinham pra dizer os vereadores.
Outros vereadores se prontificaram a somar esforços para combater o problema de frente “Se precisar ir além do que já vem sendo feito, eu estarei aqui para dar a minha contribuição como um homem público que sou” disse Bernardo Lima.
Já o vereador Joãozinho da Unimagem, disse que não vai abri mão de lutar pelo direito que a sociedade tem de ter paz e tranquilidade.
A palavra final foi do vereador Geraldo Alencar, presidente da Câmara que representando a todos disse que a câmara, não se esquivará de ter essa questão como uma prioridade em suas pautas.
Edição e imagens: Blog Tiago Mendes