segunda-feira, agosto 21, 2017

Mãe de Monalysa se emociona ao chegar ao Piauí e diz: 'nossa nega é a Miss'

A emoção tomou de conta da comerciária Helda Alcântara, de 42 anos, ao chegar à casa da sua mãe, Maria José Cardoso, de 83 anos, usando a faixa que a filha usou na disputa do Miss Brasil 2017. Helda trazia no sorriso a expressão da vitória da filha, Monalysa Alcântara, a primeira piauiense a conquistar o Miss Brasil. Na tarde desta segunda-feira (21), as duas tiveram o primeiro encontro após o concurso e não faltaram abraços e demonstrações de carinho. 
“Ela não ficou tímida em nenhum momento. Ela estava se divertindo, foi otimista o tempo todo, e na passarela foi ela mesma; foi isso que fez a diferença. Ela tem atitude de vencedora”, falou Helda ao Cidadeverde.com. A mãe chegou em casa gritando: “a nossa nega é a Miss”. 
Dona Mazé, a avó de quem tem tanto Monalyza falou nas entrevistas e nos vídeos antes do concurso não cabe em si de tanto orgulho. “Eu quero o melhor para o futuro dela; a carreira dela só está começando. O destino dela é conquistar o mundo”, afirmou a avó, lembrando da emoção no momento do resultado: “eu levantei e gritei ‘minha filha é a Miss Brasil’; fiquei de boca aberta procurando o ar”.
Preconceito
A mãe de Monalysa comentou a repercussão negativa de algumas declarações preconceituosas feitas por meio das redes sociais. Ela afirma que ainda não teve tempo de conversar com a filha, mas considera que esse “movimento racista” só vai ajudar a fortalecera luta da piauiense.
“A Monalysa já tinha a bandeira de combate ao racismo, isso não vai deixar ela abatida, pelo contrario, vai incentivar a luta. Ela vai continuar sendo essa mulher firme e forte que ela é”, ressaltou a mãe. 
cidadeverde.com