quarta-feira, agosto 16, 2017

Parnahyba perde em casa para o CSA na pré-Copa do Nordeste

Parnahyba e CSA abriram a fase classificatória da pré-Copa Nordeste nesta terça-feira (15) no Pedro Alelaf, em Parnaíba. Com gol de Lobão ainda no primeiro tempo o CSA vence e leva uma grande vantagem para o jogo de volta que será realizado na próxima terça-feira, dia 22 no estádio Rei Pelé em Maceió (AL).
Embora tivesse mais tempo com a bola, o Tubarão do litoral foi envolvido pela equipe Azulina de Maceió. O Parnahyba se mostrava no ataque, mas sem levar perigo a meta de Cajuru. Aos dois minutos o Parnahyba parecia que estava disposto a vencer e da entrada dá área, pela direita, Gênesis protegeu a bola dentro da grande área e rolou para Jefferson. O meia bateu firme, mas a bola sobe e tira tinta do travessão, assustando o goleiro Alexandre Cajuru do CSA.
A primeira chegada perigosa do CSA foi aos 11 minutos com uma cobrança de falta próximo ao semicírculo da grande área, que Celsinho cobrou com estilo, mas o goleiro Naylson defendeu com tranquilidade. O gramado do campo muito ruim dificultava o domínio da bola pelos jogadores, o que era bom para o CSA que via o tempo passar sem que o Parnahyba oferecesse perigo por conta de um campo ruim. Quando parecia que o primeiro tempo terminaria empate, numa Cobrança de escanteio, Maxuell desviou no meio e a bola ficou livre para o zagueiro Lobão, que sem marcação dentro da pequena área acertou um chute sem chances para o goleiro Naylson, colocando o CSA na frente do placar no Pedro Alelaf. O gol daria a vitória ao CSA.


No segundo tempo o Parnahyba jogou melhor, mas sem forças para mudar o resultado do primeiro tempo. A equipe piauiense ainda perdeu algumas chances com Juninho Pindaré, Fred e Gênesis. Fabinho, um guerreiro dentro de campo, marcava na defesa, armava, cruzava, cobrava faltas, escanteios, mas de pouco adiantava seu esforço, pois seus companheiros, prejudicados pelo gramado, não correspondiam. Por outro lado, méritos para o time alagoano que soube se postar em campo para segurar a pressão do Tubarão.
O resultado deixa o Parnahyba numa situação muito difícil para a segunda partida, pois terá que vencer por mais de um gol para conseguir a classificação para a fase de grupos da Copa do Nordeste de 2018. Uma vitória pelo placar simples de 1 a 0 leva para a disputa por pênaltis.
Parnahyba: 1-Naylson, 2-Granja, 3-Gilmar Bahia, 4-André, 5-Ramon, 6-Thiaguinho (Lenílson), 7-Fred, 8-Denis (Junior Juazeiro), 9-Gênesis, 10-Jeferson Maranhense (Juninho Pindaré), 11-Fabinho. Técnico: Nivaldo Lancuna.
CSA: 12-Alexandre Cajuru, 2-Cesinho, 3-Lobão, 4-Leandro Souza, 5-Dawhan, 6-Raul Diogo, 7-Vagner, 8-Caique, 9-Maxuell Samurai, 10-Francisco Alex (Mateus), 19-Didira. Técnico Ney da Matta.
Público e Renda
Pagantes: 673
Presentes: 1.038
Renda: R$ 9.955,00
Com informações do Jornal da Parnaíba