domingo, agosto 20, 2017

Vereadores aprovam requerimentos durante sessão ordinária na Câmara municipal de Luís Correia

A Câmara Municipal de Luís Correia se reuniu na última sexta-feira (18/08) para debater assuntos de interesse dos luiscorreienses. Os trabalhos do legislativo foram dirigidos pelo presidente da casa, Vereador Zé Maria do Coqueiro (PSB). O edil apresentou a pauta, dentre as matérias discutidas estavam ações que requer melhorias na área de infraestrutura do município.
O Vereador Rafael Silva (PPL), apresentou o requerimento 067/2017 solicitando da empresa de Telefonia OI Telemar a manutenção e substituição de toda a rede de cabeamento telefônico da cidade. Segundo Rafael, os cabos estão em péssimas condições e em diversos trechos os cabos estão no chão, às vezes até prejudicando a população.
O requerimento 068/2017, de autoria do Vereador Valdemir Silva (PT), solicita que seja encaminhada correspondência ao Chefe do Poder Executivo Municipal, requerendo que seja viabilizado com urgência ações para o controle de fogo no lixão. Segundo o Vereador, o Lixão é um problema antigo que merece uma atenção especial. Os transtornos chegam a vários bairros devido a forte fumaça no local e coloca em risco a saúde da população.
O Vereador Artrannho Mota (PV) apresentou dois requerimentos, um deles é o 060/2017 que solicita envio de indicação ao Deputado Estadual Dr. Hélio Oliveira, solicitando destinação de recursos financeiros para a construção de um portal turístico na entrada do município de Luís Correia nas proximidades do antigo posto fiscal do estado. Artrannho diz que o município merece e seria ideal um cartão de visita para as pessoas que visitam a cidade.
O edil ainda apresentou o requerimento 070/2017 que também solicita o envio de indicação ao Deputado Dr. Hélio, solicitando destinação de recursos financeiros para a construção de um mercado público no povoado Brejinho de Fátima zona rural de Luís correia. Artrannho Mota explica que na comunidade não existe um local apropriado para a comercialização de produtos e a população reivindica a citada obra.
TRIBUNA:
Vereador Carlitus (PSD), cobrou ao executivo resposta de suas solicitações e requerimentos para recuperação da iluminação pública, limpeza, problemas de despejo de dejetos e queimadas no lixão. O vereador aproveitou para agradecer o apoio do deputado Dr. Hélio. Em seguida, foi a vez do Vereador Mirialdo Mota (PR) onde o mesmo elogiou a iniciativa do vereador Rafhael Silva (PPL) que solicita melhor serviço na rede de telefonia na região, Mirialdo apoiou o projeto do portal de entrada da cidade de iniciativa do vereador Artranho, e também aproveitou para agradecer o importante apoio que o deputado Dr. Hélio vem dando ao município. 
Logo depois foi o pronunciamento da vereadora Neném do Zé Nelson (PP), onde a mesma pediu veementemente o retorno da ambulância da prefeitura para o povoado Brejinho, onde a edil relatou as dificuldades que a população vem sofrendo por falta de tranporte de pacientes e pediu apoio aos demais vereadores.
Dando sequência, a palavra foi do vereador Rafhael Silva (PPL), que destacou a importância da gestão pública na vida da população, como melhor transporte público, mais investimentos no turismo e o resgate da auto-estima da população, a construção do portal de entrada cidade. Também relatou o problema das queimadas.
Vereador Valdemir (PT),apresentou o projeto que define valor a ser pago pelo município em ações judiciais ou precatórios. Falou do projeto de criação do projeto de criação de departamento de trãnsito, bem como da importancia de debater a importância da estrutura de trânsito, se vai cumprir suas prerrogativas, e como seria a fiscalização. Também elogiou a inciativa do vereador Artrannho, que solicita a construção do mercado do Brejinho, fortalecendo a economia da região. 
E, por último falou o vereador Paulo Cazuza (PP), em sua fala ele cobrou a correta aplicação dos recursos públicos, contenção de despesas e prudência para melhorar a vida da população. Paulo Cazuza falou da situação do problema da escacês de água potável na zona rural, onde o município não pode resolver sozinho esse problema, é importante a ajuda do Exército, mas ainda é dificil a situação, disse o vereador.
Ascom CMLC