terça-feira, outubro 10, 2017

Acusado de liderar organização criminosa é preso na operação "Areia Branca II" em Cocal

Equipes da Polícia Civil e da Guarda Municipal, sob a coordenação da Delegada Daniella Dinali, deflagraram na manhã desta terça-feira (10/10), a operação denominada "Areia Branca II" que resultou na prisão de Edmar Francisco da Silva, conhecido popularmente como "Edmar Rosa". Ele é apontado pelas investigações policiais como sendo um dos lideres de uma organização criminosa especializa em roubos e furtos a propriedades rurais de Cocal, dentre outros municípios da região Norte do Piauí.
A ação policial é um desdobramento relativo a operação "Areia Branca I", deflagrada no dia 29 de novembro de 2016, que resultou na prisão de três pessoas e na apreensão de carros, motos, animais da espécie bovina, joias e materiais de uso agrícola, dentre outros produtos oriundos de furto e roubo, além de duas espingardas de fabricação artesanal e munições. (CLIQUE AQUI e reveja).
A operação"Areia Branca II" teve como objetivo cumprir dois mandados judiciais; um de prisão preventiva em desfavor de Edmar Rosa e o outro de busca e apreensão em sua atual propriedade, situada na região de Campestre, precisamente na localidade Serra do Arco, zona rural de Cocal.
Edmar Rosa e mais quatro pessoas estão arroladas em um processo no qual foram denunciados pelo Ministério Público nos crimes de posse ilegal de armas de fogo de uso permitido e restrito, associação criminosa armada, roubo qualificado (assalto a mão armada) praticado contra duas pessoas na vizinha cidade de Piracuruca, furto qualificado e receptação qualificada incursa por nove vezes. (CLIQUE AQUI e veja a denúncia do MP)
O acusado foi conduzido no inicio da tarde desta terça-feira (10) para a Penitenciária Mista de Parnaíba, onde ficará encarcerado a disposição da justiça. 
Fonte: Blog do Coveiro