.Publicidade

.Publicidade

terça-feira, novembro 21, 2017

Exército faz operação para combater comércio ilegal de armas e munições no Piauí

O Exército brasileiro está realizando a operação batizada de "Alta Pressão V" para combater a proliferação do comércio ilegal de armas e munição no Piauí. A ação acontece simultaneamente em todo o território nacional. A operação teve início nesta segunda-feira (20) e vai até quinta-feira.
O tenente Rosil Lima, chefe da seção de fiscalização de produtos controlados do Exército, no 25º Batalhão de Caçadores, informou que irão fiscalizar 12 instalações incluindo o comércio regular de armas e munições, além do clube de tiro e atiradores desportistas que atuam em Teresina e no interior. Em casos específicos a operação conta com a participação da Polícia Civil e Militar.
A operação está sendo executava por militares lotados no serviço de fiscalização de produtos controlados do Exército, no 25º BC.
"Até agora não foi detectado nenhuma irregularidade, apenas no clube de tiros orientamos uma reeducação de condução na parte administrativa", disse o tenente.
Segundo o Exército, na última operação ocorrida em julho deste ano, mais de 600 empresas foram fiscalizadas no país resultando na atuação de 56 estabelecimentos cadastrados junto ao Exército. A operação ocorre de forma integrada com a participação da PRF, PF, PM e Polícia Civil.
Os trabalhos contam ainda com a fiscalização de fazendários em nível federal, estadual e municipal. No país, a operação tem o objetivo de fiscalizar 500 estabelecimentos comerciais.
cidadeverde.com