terça-feira, dezembro 26, 2017

PI: Delegacia de Entorpecentes do PI emite relatório de apreensões de drogas em 2017

Ao todo, 505 pessoas foram presas pela Especializada por tráfico de substâncias ilegais ou associação ao tráfico. 474 inquéritos policiais foram instaurados.
A Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecente (Depre), divulgou nesta terça-feira (27) o balanço das ações do ano. Segundo o relatório, a Especializada apreendeu 640.770 quilogramas de substâncias entorpecentes, sendo 547.746,91 Kg de maconha, 92.968,95 Kg de cocaína, 52,77 Kg de anfetamina e 1,37 Kg de metanfetamina. Além destas, a DEPRE retirou de circulação também 280 micropontos de LSD, e recolheu 14 pés de maconha durante operações.
Ainda de acordo com o relatório, foram efetuadas 505 prisões relacionadas ao tráfico de drogas nas principais regiões do Estado, da primeira semana de janeiro até a terceira semana de dezembro de 2017. Do total de presos, 90 são mulheres e 415 são homens. A Depre instaurou ainda 474 inquéritos policiais e 145 termos circunstanciais de ocorrências (TCOs), ou seja, quando há condução de pessoas suspeitas, mas sem prisão.
Com relação às apreensões de materiais relacionados ao tráfico, a polícia retirou de circulação 54 motocicletas e 56 armas de fogo em poder de traficantes. Para o coordenador da delegacia, delegado Menandro Pedro, os números refletem o trabalho intenso de combate àquela que é considerada um dos principais motores da criminalidade.
“O tráfico, ele é que vai mover toda a cadeira do crime. As pessoas roubam para comprar droga, vendem drogas para poder comprar armas, roubara veículos para poder transportar a droga, então nós temos todo um ciclo em torno disso. Foi um ano muito positivo, em que tivemos um auxílio muito grande da Justiça para conseguirmos êxito nas nossas ações. Nós batemos recordes de operações e a intenção é continuar com este mesmo trabalho no ano que vem”, afirma o delegado Menandro.
Fonte:Portal ODIA