Publicidade

Publicidade

segunda-feira, dezembro 25, 2017

SEPESCA conhece sistema de piscicultura em taques edificados

Em sua última visita técnica do ano a Secretaria de Pesca e Aquicultura esteve na propriedade do Paulo Roberto, Engenheiro de Pesca, conhecendo mais sobre a piscicultura em tanques edificados. Acompanhando o Secretário Cajado estava o Presidente da Apel Luis Correia, Melquizedeque Pires e o Engenheiro de Pesca, Luiz Gustavo, responsável pela implantação do sistema de cultivo.
O sistema é do tipo de recirculação de água, ou seja, a troca de água é menor e reaproveitada, excelente para nosso tipo de ambiente árido, além de permitir que a matéria orgânica dos peixes possa ser aproveitada como adubo. Como a tecnologia é constantemente atualizada a quantidade de peixes cultivados em um tanque com 10 mil litros de água pode sair de 60 quilos por ciclo para 250 quilos por ciclo, com as adequações necessárias. Um avanço super significativo e promissor. O sistema atende desde perfis familiares a produção comercial.
“Queremos disponibilizar aos nossos piscicultores uma gama de opções e tecnologias mais recentes na área. Trazer mais utilidade a nossas águas salobras, diversificar a alimentação e contribuir para o desenvolvimento local”, disse o Secretário Cajado Jr.
Caso você seja piscicultor ou queira iniciar o cultivo entre em contato com a SEPESCA.