segunda-feira, janeiro 22, 2018

PI: Detento foge de presídio e é reconhecido na rua por policial que o prendeu

Um fugitivo da Colônia Agrícola Major César, identificado como Luís André Evangelista de Santana, foi recapturado na última sexta-feira (19) após ser reconhecido pelo investigador que realizou sua prisão por conta de um latrocínio contra um comerciante em outubro do ano passado. De acordo com a Delegacia de Homicídios, ele fugiu do sistema prisional no dia 18 de Janeiro.
Conforme o delegado Danúbio contou ao G1, um investigador passava pela BR-316 na sexta-feira (19), por volta das 14h, quando avistou Luis André em uma parada de ônibus. Ao reconhecer o detento, o investigador que havia realizado a prisão de André, contatou o delegado para verificar a existência de alguma decisão que determinasse sua liberdade. Contudo, no processo não constava nada referente à soltura.
“Ele havia sido preso no dia 4 de outubro de 2017 em razão de um mandado de prisão preventiva por conta de um latrocínio que ele confessou, inclusive. Quando o investigador me ligou, eu conferi o processo e não vi nenhuma decisão que pudesse soltá-lo. Só que por alguma razão ele foi transferido para a Major César e de lá ele fugiu”, explicou o delegado.
A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) informou que Luís André foi o único a fugir da unidade prisional no dia 18 de janeiro e que ainda não se sabe como ele conseguiu burlar a segurança da Colônia Agrícola Major César.
O crime
Luís André Evangelista é acusado pelo latrocínio do comerciante Edwar Pereira da Silva, de 50 anos, assassinado com um tiro no peito durante assalto ao seu estabelecimento, no Parque Piauí. O crime ocorreu no dia 10 de agosto e os assaltantes atiraram na vítima, mesmo após ela entregar todo o dinheiro do caixa. Eles chegaram a reclamar da pouca quantidade de valores no momento em que o homem foi morto.
Fonte: G1.PI