segunda-feira, janeiro 29, 2018

Polícia do PI encontra cocaína arremessada de avião e apreensão chega a 300 kg

A Polícia Civil conseguiu recuperar o restante da droga arremessada do avião que fez um pouso de emergência em Barreiras do Piauí, a 837 km de Teresina. Segundo o delegado Riedel Batista, cerca de 90 kg de cocaína foram recolhidos no matagal próximo a rodovia onde o avião fez o pouso. Somada a droga que já havia sido apreendida o montante ultrapassa os 300 kg de cocaína.
A Polícia Militar informou que a aeronave seguia do município de Altamira no Pará para o Maranhão sendo conduzido por coordenadas geográficas. "Em algum momento ele se equivocou nessa rota e acabou entrando no Piauí. Como eles não tinham combustível suficiente para voltar e o avião estava muito pesado, ele chegou a arremessar drogas para fora da aeronave ainda durante o pouso", explicou o coronel Alberto Menezes, comandande de operações da Polícia Militar. (REVEJA A MATÉRIA)
Dentro do avião foram localizados seis sacos grandes de cocaína dentro de cada saco 30 tablete, a Polícia. "Esta pode ser a maior apreensão de cocaína já registrada devido a sua grande quantidade", relatou o coronel
Duas pessoas foram presas, o piloto, identificado pela Polícia como Nagib Brito de Aquino e outro homem, ainda sem função identificada. Os dois foram conduzidos para a Delegacia de Corrente e a Secretaria Estadual de Segurança já encaminhou equipes para atender a ocorrência.
O delegado geral, Riedel Batista, destacou que o avião estaria em rota clandestina para o tráfico.
"Tudo indica que o piloto iria pousar em pista clandestina ou fazenda da região. Eles procuram 'rota caipira' que utilizam fazendas de agronegócio para o tráfico de droga".
A Polícia Civil fará coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (29) para repassar mais detalhes sobre o caso.
Cidade Verde