sexta-feira, janeiro 26, 2018

Uma das cinco vítimas perde dedos da mão durante 'massacre' em Cajueiro da Praia

                        Vítima sendo socorrida encaminhada ao Heda
Quatro das cinco vítimas da ação criminosa- que deixou também mãe e filho mortos no litoral do Piauí- permanecem internadas. Maria Vieira da Rocha, 60 anos, a paciente mais grave, teve a cabeça rachada, mas já foi submetida a cirurgia neurológica, está consciente e se recupera bem. Ela também perdeu os dedos polegares das duas mãos.
                                                Foice usada nos crimes
De acordo com informações do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), os pacientes Wanderson Pereira da Silva (23 anos), Gustavo Vieira da Rocha (29 anos) e Maria do Nazaré Alves Pereira (44 anos) permanecem internados em observação e serão submetidos a novos exames. 
O único paciente que teve alta foi Antônio José do Nascimento de Sousa que sofreu um golpe da facão no pulso. O suspeito Manoel de Jesus Alves Pereira foi preso ainda em flagrante. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. 
Fonte: Cidade Verde