quarta-feira, março 14, 2018

Bancos demoram até três horas para atender clientes em Parnaíba

O atendimento aos clientes avulsos, aqueles casos de pagamento de boletos, depósitos e saques na boca do caixa estão demorando até três horas nas agências bancárias do centro de Parnaíba. A situação deixa irritadas todas as pessoas que procuram por esses serviços. Idosos, aposentados e pensionistas são os que mais sofrem porque têm dificuldades para manusear os equipamentos de autoatendimento.
No centro da cidade o tempo dispensado nas filas dos caixas de automáticos causa muita reclamação. No Banco do Brasil da praça da Graça todos os terminais passaram a contar com o sistema biométrico, aquele que há a exigência do cliente ser reconhecido pela impressão digital. “Fica difícil uma pessoa não cliente ter atendimento nessa situação”, disse o comerciante maranhense Pedro Soares.
Sem condições de terem seus serviços prestados com rapidez pelos bancos oficiais ou privados, os clientes avulsos acabam criando filas muito grandes nos chamados correspondentes bancários como as lotéricas. A maioria dos aposentados e pensionistas, funcionários públicos com conta na Caixa Econômica Federal vão engrossar as filas de espera nestes estabelecimentos.
Lei dispõe de tempo nas filas.
A situação de clientes ditos avulsos é muito pior na agência do Bradesco na avenida Pinheiro Machado, na zona leste. Essa semana clientes continuavam reclamando da demora muito grande naquele banco. São clientes com serviços de pagamento de boletos, saques e depósitos. Um deles contabilizou três horas e quarenta minutos numa sala de espera quando necessitava fazer apenas um depósito de trezentos reais na boca do caixa.
No Itaú da praça da Graça a demora para o cliente em ser atendido também acabou sendo uma marca. Clientes demoram na fila mais do que o tempo de tolerância e o banco, assim como o Bradesco da Pinheiro Machado, colocam à disposição apenas dois caixas para atendimento da demanda. Esta quantidade de caixas é na opinião dos clientes insuficiente e causa muita reclamação.Segundo o Procon de Parnaíba, a Lei 1941/2003, que trata sobre o tempo razoável de espera nas filas por atendimento nas agências bancárias deve ser de meia hora em dias normais e de quarenta e cinco minutos nos dias de pagamento do pessoal, dia de vencimento de contas de concessionárias, de tributos e em véspera ou após feriados prolongados.
Fonte:Jornal "Tribuna do Litoral"
*Jornalista Pádua Marques