domingo, março 11, 2018

Parnahyba empata com o Piauí em mais um jogo polêmico

                                 Fabinho disputa a bola (Foto: Globo Esporte)
O jogo representou a recuperação das duas equipes no campeonato piauiense, sendo que ambos tiveram grandes chances, onde o Parnahyba aproveitou, mas infelizmente no final da partida um pênalti marcado a favor do Piauí, tira a vitória do Parnahyba , dificultando sua classificação.
O Presidente do Parnahyba, Batista Filho ,reclamando muito após o árbitro marcar o Pênalti a favor do Piauí que originou o empate.(Foto: Globo Esporte)
O jogo começa com o Parnahyba fazendo pressão na saída de bola do time do Piauí,ficando com a maior posse de bola, dificultando o jogo do rubro anil. Aos 9 min Ramon chuta da intermediária, levando o primeiro perigo real de gol na partida. Com o Parnahyba partindo pra cima, aos 12 minutos, Marabá cruza na cabeça de Italo que cabeceia sem goleiro e perde a maior chance de gol até então.
Aos 16 minutos Marabá novamente deixa Italo na cara do Gol que chuta fraco e o goleiro Lenon pega. O Parnahyba continua tentando com a Marabá servindo os atacantes com grandes chances desperdiçadas. Aos 26 minutos, escanteio para o Tubarão Na cobrança, Fabinho cobra e manda na área. Zagueiro Miltão sobe, toca de cabeça, e isola. Aos 28 minutos o Piauí resolve subir ao ataque com Erinaldo dando trabalho a defesa, tendo Miltão como o homem de combate do Azulino. Fabinho cobra no canto esquerdo e marca o primeiro gol do Parnahyba na partida aos 33 minutos. Aos 42minutos Juiz vê empurrão na área, e marca pênalti para o Piauí. Dindê cobra e empata a partida aos 43 minutos.
Parnahyba dominou o primeiro tempo, mas não converteu a posse de bola em gols. Trouxe a sensação de volume, mas de chance mesmo foram apenas três. Piauí desorientado em campo, com dia péssimo de Jonatas e sem força para construir um lance de ataque. E assim termina a primeira etapa com empate de 1x1, resultado que não interessava as duas equipes.
Segundo Tempo:
Aos 4 minutos Fabinho dribla e chega com facilidade à grande área. Na hora de cruzar, defesa do Piauí afasta. O técnico Danilo Queiroz faz uma importante substituição aos 13 minutos, tirando Marabá, entrando Pindaré. O Parnahyba tem mais volume de jogo,mais erra muitos passes o que dificulta as conclusões das jogadas. Primeira chance real de gol no segundo tempo para o Tubarão aos 21 minutos com Italo deixando Rian na cara do gol, que chuta certeiro e Lenon defende. 
Aos 30 minutos, Contra-ataque para Breno, que deixa a bola para Erinaldo. Goleiro Cesar aproveita momento de indecisão, sai da área e defende. O Piauí cresce no jogo com jogadas de triangulações, dando muito trabalho a defesa do Parnahyba. Aos 38 minutos Ítalo recebe ma pequena área, ele pega o rebote e manda para o fundo do gol de Lenon. Marcando o segundo gol do Tubarão. Aos 43 minutos Nil faz bela jogada e é derrubado na área, o juiz marca Pênalti.
O jogo vai aos 54 minutos e termina com o empate em 2 x 2.
Após o apito final, um grande tumulto, Tropa de choque da PM no gramado, com muita reclamação dos atletas do Parnahyba pelo pênalti marcado para o Piauí. Jogadores do Enxuga Rato deixam o campo comemorando o empate. 
O Parnahyba tem agora dois difíceis jogos, contra o River no Albertão dia 18/03(domingo) e contra Altos no verdinho dia 01/04.
Parnahyba: 1- César, 2-Alex, 3-Gilmar Bahia, 4- Miltão ,5-Ramon, 6- Fabinho Sergipano(Rian), 7-Marcos Gasolina(Luciano), 8-Erivelton, 9-Italo , 10- Thiago Marabá(Pindaré) e 11- Fabinho.
Técnico: Danilo Queiroz
Piauí: 1-Lenon, 2- Jorginho, 3-Shuamke, 4- Fábio, 5-Mateus Felipe(Nil), 6-Dindê, 7-Ribeiro, 8-Dudu(Breno), 9-Jonatas(Felipe), 10- Erinaldo e 11- Zezino.
Técnico: Kennedy Gomes
Arbitragem: 
O árbitro da partida foi Diego da Silva Castro, tendo como assistentes: 1 – Marcio Iglesias Araujo Silva, 2- André da Silva Andrade e o quarto árbitro: Djalma Alves de Lima Filho.
Por José Wilson | Jornal da Parnaíba