domingo, março 25, 2018

Prefeitura de Parnaíba promete terrenos, faz cadastro e engana população

No dia 17 de junho de 2017, um grande número de populares “acamparam” em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania – Sedes, aguardando o momento de inscrições que aconteceriam no dia 19 de junho. As inscrições seriam referentes a um projeto da gestão municipal que tratava de um mutirão de casas.
Diante de toda a confusão que houve em torno das inscrições, a Prefeitura anunciou o projeto, com a abertura de inscrições e divulgou que o programa de mutirão se daria em três etapas, entre elas, a primeira etapa (documentação de terreno, topografia), regularização do loteamento de acordo com a legislação pertinente do código de postura (etapa em andamento) e a terceira (pré-inscrição e análise de cada situação para classificação ou não no programa).
Cidadãos com necessidade de moradia e de boa-fé procuraram realizar o procedimento anunciado pela Prefeitura de Parnaíba, mas tudo não passou de uma enganação. Para piorar, o prefeito Mão Santa havia anunciado que para a construção das casas, o município doaria o material de construção através da Sedesc sob a coordenação da secretária Adalgisa Moraes Sousa. O conjunto seria construído em uma área por trás do Instituto de Educação Superior do Vale do Parnaíba. O gestor chegou a dizer que o residencial se chamaria Solidariedade, mesmo nome do partido político que integra atualmente.
O fato é que até o momento, o cadastro foi esquecido pela Prefeitura e os gestores aproveitaram o esquecimento da população que buscou um meio de adquirir uma casa própria através de um fajuto programa habitacional.
Fonte: Jornal Piauí