Publicidade

Publicidade

quinta-feira, abril 12, 2018

Policia Militar prende advogado com fuzil e material explosivo para assaltar bancos: VÍDEO

O advogado Ângelo Diógenes de Sousa e um amigo identificado como Martinho de Sousa Silva foram presos durante uma blitz de rotina da Rone, na noite desta quarta-feira (11). Após a abordagem inicial, os policiais militares se deslocaram a oficina do advogado onde foram encontrados um fuzil e material explosivo semelhante ao que é utilizado em assaltos a agências bancárias. 
"Estávamos fazendo uma blitz policial e a viatura da Rone desconfiou de um veículo que estava com uma placa oficial, mas as cores do carro não conferiam com o que a gente vê aqui no Estado do Piauí. No veículo havia duas pessoas e um revólver calibre 38, munição e carregadores de armas", explica o coronel Raimundo Rodrigues, comandante da Companhia de Policiamento Metropolitano II. Carros com placas de cor branca são exclusivos de órgãos federal, estaduais e municipais como polícias, bombeiros e Forças Armadas.
A oficina do advogado fica localizada no bairro Tabuleta, na zona Sul de Teresina. No local foram apreendidos um fuzil, um revólver, 115 cartuchos de emulsões, 141 munições de calibre 9mm, munições de calibre 38 e 7,62, carregadores de pistola, placas de aço, botijão de gás com maçarico, alavanca, R$ 328 em dinheiro, 36 maços de cigarro, entre outros materiais.
O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) foi acionado e investiga o caso. Pelo material apreendido há a suspeita de que a dupla integre organização criminosa especializada em assalto a bancos. De acordo com a Polícia Civil, o advogado tem antecedentes criminais. 
A assessoria da Ordem dos Advogados do Brasil no Piauí, não quis se manifestar sobre a prisão do advogado. 
Fonte: Cidade Verde