terça-feira, maio 15, 2018

Sessão da Câmara de Vereadores aprovam requerimentos e projetos, em Luís Correia

Na manhã da última sexta-feira (11/05), aconteceu sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Luís Correia. A reunião foi dirigida pelo Vereador Valdemir Silva (PT) presidente da casa e contou com a presença dos demais vereadores, imprensa e populares. Vários assuntos foram pautados e discutidos durante a reunião.
O requerimento 018/2018 de autoria do Vereador Rafael Silva (PPL), requer da secretária da casa, documentos que comprovem o recebimento do parecer prévio do TCE da prestação de contas de 2011, a fim de dar continuidade ao julgamento dos pareceres das prestações de contas do TCE o qual ensejaram o trancamento da pauta neste ano corrente.
O Vereador Carlitus (PSD), apresentou o requerimento 017/2018, o documento reitera o requerimento 089/2017 de autoria do Vereador Rafael Silva (PPL) que pede a relação das ruas como nome de projetada, para os edis poderem nomeá-las e facilitar a vida da população.
O requerimento 014/2018 do Vereador Ronaldo Oliveira (PSB), solicita do poder executivo municipal a reforma na estrutura física do Terminal Rodoviário Teobaldo Ivo dos Santos no povoado Camurupi, em Luís Correia. O projeto de lei 006/2018, que dispõe sobre declarar de utilidade pública municipal o sindicato dos trabalhadores rurais agricultores e agricultoras familiares de Luís Correia (PI) foi aprovado em definitivo em segunda votação.
Segundo o presidente da Casa, Vereador Valdemir Silva (PPL), ainda durante a sessão foi apresentado o projeto que reajusta o salário dos estagiários que prestam serviços ao município de Luís Correia, o mesmo foi aprovado em primeira e segunda votação. Outra pauta que foi apresentada foi o projeto de lei que reajusta o salário de enfermeiros de PSF, a matéria seguirá para as comissões. 
“Durante a sessão também foi apresentadas duas representações contra um vereador da casa, uma a câmara negou, devido à legitimidade. A outra representação protocolada pelo PSB, esta sim foi aceita e deverá ser levada as comissões para em até 90 dias ser apresentado no plenário um relatório sobre o assunto. No mais a sessão foi tranquila e bastante participativa” completou Valdemir.
ASCOM CMLC