domingo, maio 27, 2018

Teresina: 70% dos postos estão sem gasolina e sindicato prevê colapso

Subiu para 70% o número de postos sem combustível em Teresina, em razão da greve dos caminhoneiros que chega ao sexto dia neste sábado, 26. Segundo o presidente do Sindicato dos Proprietários de Postos de Combustíveis do Piauí, Alexandre Cavalcante, os postos de gasolina devem entrar em colapso até o fim deste domingo (26).
Segundo Cavalcante, os postos não recebem produtos e não há expectativa para que o problema seja resolvido neste final de semana. Ainda assim, mesmo após um acordo definitivo, o desespero deve acabar em dois ou três dias, mas a normalização demorará mais tempo gerando grandes filas por toda a cidade.
"A base tem um tempo para despachar os caminhões, mas não todos de uma vez. Isso leva tempo, ainda mais para chegar até o interior, para normalizar totalmente, vamos ter que esperar pelo menos uma semana, na situação em que estamos", avalia o presidente.
Intervenção policial
Em reunião na Secretaria de Segurança Pública na manhã deste sábado (26) o Sindicato buscou apoio para tentar solucionar o impasse na liberação de combustível, mas se acordo com Alexandre não haverá intervenção de forças policiais na paralisação.
"A Polícia não vai intervir. O que nós buscamos é o apoio para que os caminhões possam sair do terminal de petróleo e nós possamos reabastecer os postos, mas dependemos de um acordo com os caminhoneiros", explica.
Pagamento em dinheiro
O presidente esclarece ainda que não houve mudança na forma de cobrança do combustível e que o grande número de postos que recebem apenas em dinheiro já é comum na capital.
"Tem muitos postos que recebem cartão ou dinheiro e isso é coisa definida por eles. Não acredito que ninguém tenha mudado sua política de preços por conta da greve", completou.
Pontos de bloqueio
Segundo a Polícia Rodoviária Federal foram identificado até a sexta-feira (25) quatro pontos de bloqueio de rodovias no Piauí. No km 01 da BR 316 no bairro Tabuleta em Teresina, no KM 323 da BR 316 em Picos, no KM 33 da BR 316 em Demerval Lobão e no KM 351 em Bom Jesus, no Sul do Estado.
Ainda segundo a PRF, todos os bloqueios são parciais das pistas, e dois destes já foram liberados e uma atualização está sendo produzido pela Central de Comunicações da PRF em Brasília. 
Fonte: Cidade Verde