sábado, junho 09, 2018

Preso suspeito de "piratear" e vender apostilas para médicos no PI e Ceará

                                               Foto: Divulgação/PC
A Polícia Civil do Piauí vai investigar um homem identificado como Raimundo Valmir Sousa Ribeiro, preso em Fortaleza (CE) nesta quinta-feira (7) por piratear e revender cursos especializados para médicos e residentes. A suspeita é que ele tenha atuado em Teresina.
“Ele foi preso no Ceará, mas vamos investigar também a passagem dele por aqui. Há indícios de que ele estava revendendo estes cursos no Estado”, disse o delegado geral, Riedel Batista.
As investigações no Ceará duraram um ano e contaram com apoio de policias do Rio de Janeiro. Segundo a polícia, o suspeito lucrava R$ 1.600 por curso, já que vendia as apostilas por 5% do valor real, que custa em média R$ 24 mil.
Ao ser preso, o suspeito confessou que vendia o curso da RM Medical em Teresina, Camocim, Sobral, Itapagé, dentre outras cidades. Em depoimento, ele disse que comprava os cursos de alguns médicos que ofereciam os mesmos em sites de venda e revendia para estudantes e outros médicos. 
Ainda de acordo com a polícia, ele vende os cursos há mais de 2 anos e mantinha contato com os clientes através de uma página na rede social Facebook.
“Ele comprava HDs e demonstrava no ato da negociação as vídeos aulas e os materiais de estudos no notebook na frente do comprador”, relata a polícia.
Ele foi abordado com todo material em um posto de saúde localizado no bairro Jacareacanga. O suspeito foi por crime contra a propriedade imaterial.
Fonte: Cidade Verde