terça-feira, setembro 04, 2018

Mulher é presa por planejar assalto que terminou na morte do marido no PI

Condenada a 26 anos pela morte do marido, a avicultora Eleni Carvalho do Vale foi presa nesta segunda-feira (03). O mandado de prisão foi cumprido pelos policiais do 22º Distrito Policial em Teresina. Ela estava foragida desde a condenação. O processo foi transitado e julgado em junho desde ano. 
De acordo com o delegado Tales Gomes, do 22º DP, a ordem foi expedida pelo juízo da comarca de Esperantina. A prisão ocorreu na zona rural norte de Teresina, no povoado Boa Hora, onde ela residia desde o assassinato do companheiro, com apoio do 13º Batalhão da Polícia Militar. 
O esposo de Eleni, o comerciante Lino Honorato, foi morto em um latrocínio em agosto de 2015. A vítima morava em Morro do Chapéu, localidade em que possuía um comércio. O plano, que contou com a participação da esposa, era roubar R$ 15 mil da vítima. 
“Eleni passou a informação de que o marido estava em poder do dinheiro para os assaltantes. Ele reagiu ao roubo fazendo uso de uma espingarda e feriu um dos assaltantes que por sua vez efetuou disparos contra Lino. Lino, já caído e sem reação, foi esfaqueado e morreu no local”, informou o 22º DP.
Os assaltantes chegaram a atear fogo na casa com Lino dentro e parte do corpo da vítima ficou queimada. Os assaltantes foram identificados como Benerval de Sousa Silva e João Paulo Carvalho do Vale. 
“Lino foi morto porque estaria em poder de R$ 15.000 reais e esta informação foi passada por Elenia ao Benerval e João Paulo. O crime aconteceu em 2015 em Morro do Chapéu e foi elucidado pela Polícia Civil de Esperantina”, ressaltou o 22º DP. 
“Eleni ia pagar R$ 5 mil para eles matarem o marido. Recebemos a informação que ela estava nessa casa, na zona rural norte de Teresina, e já estaria colocando a casa à venda para se mudar para o estado de Goiás”, acrescentou o delegado Tales.
Segundo o delegado, Benerval de Sousa também foi condenado a 29 anos e encontra-se foragido; já João Paulo do Vale, irmão de Eleni, foi morto a tiros. 
Fonte: Cidade Verde