sexta-feira, novembro 23, 2018

Jovem que matou e esquartejou os pais no Mato Grosso queria fugir para o Piauí

A jovem identificada como Rita de Kassia Ferreira Ledesma, de 25 anos, foi condenada nessa quinta-feira (22/11), pela morte dos pais, junto com o namorado. Paulo Pinto e Marilene Freitas foram encontrado enterrados na varanda da casa da família, em Corumbá (MS). Os planos do casal era fugir para o Piauí.
O caso aconteceu no dia 24 de novembro de 2017. Segundo a polícia, a mulher planejou o crime, ela esfaqueou os pais, esquartejou os corpos, e os enterrou na varanda da casa, com a ajuda do companheiro, identificado como Diego Antonio da Silva. O crime teria sido motivado por conta de herança.
Segundo matéria do G1, o casal foi preso no Chapadão do Sul, após venderem alguns bens e se mudarem para a região. O plano do casal era fugir para o Piauí.
O casal foi condenado pela Justiça pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver. A condenação de Diego foi de 46 anos e 5 meses e Rita a 46 anos e 9 meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, e ao pagamento de multa.
Fonte: G1/GLOBO