domingo, novembro 25, 2018

PI: Estudante da UFPI é morto ao reagir a assalto; suspeito foi apreendido

Antônio Rayron Soares de Holanda tinha 22 anos. Ela estava saindo do terminal de passageiros no cruzamento com a Valter Alencar, quando foi abordado. Suspeito atirou e desistiu de roubar a vítima.
A Universidade Federal do Piauí está fazendo uma campanha para ajudar a família do jovem Antônio Rayron Soares de Holanda. O estudante de medicina era natural de Elesbão Veloso, a 144 Km de Teresina, e morava sozinho em Teresina. A Ufpí está disponibilizando uma conta do Banco do Brasil para recebimento de doações de qualquer valor. A quantia será repassada à família de Antônio. As informações para depósitos e transferência seguem abaixo.
Banco do Brasil
Agência: 4708-2 
conta: 20.282-7 
Titular: Marília de Sousa Araújo Barbosa e Silva
A universidade informou ainda que o velório de Antônio Rayron será realizado na Pax União, na Avenida Miguel Rosa. Em seguida o corpo do estudante segue para Elesbão Veloso.
A Polícia Militar conseguiu apreender o suspeito de ter matado o estudante Antônio Rayron Soares de Holanda durante assalto. Ele foi identificado pelas inicias G.L.D.A.R, e foi localizado ainda próximo ao local do latrocínio por volta das 11 horas da manhã. A informação foi confirmada pela assessoria da PM-PI. A apreensão do adolescente foi feita por equipes do 1º Batalhão de Polícia Militar. 
O suspeito, e mais um comparsa, que não teve o nome divulgado, foram encaminhados para a Central de Flagrantes, onde serão ouvidos pelo delegado e devem ser encaminhados para o sistema prisional. De acordo com a PM, ele seria também o suposto autor de um homicídio no Parque Vitória, na zona Sul de Teresina.
Teresina registrou uma ocorrência de latrocínio nas primeiras horas da manhã deste domingo (25). O estudante de medicina da Universidade Federal do Piauí, Antônio Rayron Soares de Holanda, 22 anos, foi assassinado depois que reagiu a um assalto quando saía de um terminal de passageiros na Avenida Miguel Rosa, zona Sul de Teresina. A Polícia Militar esteve no local, mas os criminosos conseguiram fugir antes da chegada dos PM's.
De acordo com o delegado Hildson Rodrigues, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), embora houvesse outros pessoas próximas, somente Antônio reagiu à abordagem, tendo ficado na mira da arma de um dos suspeitos. "Ele foi atingido com um tiro no peito e o que mais chama a atenção é que tiraram a vida do rapaz e não levaram nada. Na pressa de fugir, eles deixaram o celular da vítima no local", relatou o delegado.
A polícia ainda não tem informações sobre quem é o autor do crime, mas a PM faz diligências na região à sua procura. Os outros passageiros que estavam no terminal junto com Antônio, quando tudo aconteceu, deverão ser ouvidos pela DHPP. O inquérito policial já foi aberto.
A Universidade Federal do Piauí lamentou o ocorrido com o estudante Antônio Rayron e se disse "indignada com morte precoce, por assalto". A instituição externou seu apoio e solidariedade para com a família e amigos do acadêmico de medicina.
A Administração Superior da Universidade Federal do Piauí, o Centro de Ciências da Saúde e toda a comunidade universitária lamentam, de forma indignada, a morte precoce, por assalto, do estudante do curso de medicina Antônio Rayron Soares de Holanda ocorrido na madrugada deste 25 de novembro. A UFPI, ao tempo em que manifesta consternação com o assassinato do estudante, espera rigor na investigação do caso e uma breve elucidação, com responsabilização pela autoria do crime. Manifesta ainda solidariedade com toda a família e amigos.
Final de semana violento
Este final de semana em Teresina tem sido marcado pela violência. O assassinato de Antônio Rayron já a terceira morte contabilizada nas últimas 24 horas na Capital. Somente na manhã do sábado (24), a polícia já havia registrado dois homicídios na zona Leste de Teresina. Um deles aconteceu na Vila Santa Mônica e o outro na Avenida Zequinha Freire, no bairro Vale Quem Tem. No primeiro caso, a vítima foi identificada como Delijarde de Sousa, 33 anos, que teve sua casa invadida por dois homens. A dupla efetuou dois disparos contra ele, que dormia no momento do crime.
Já no segundo caso, a vítima foi identificada como sendo Osaeldo da Silva Costa, 24 anos, que teria saído para comprar pão em uma padaria, quando foi surpreendido por um desafeto, que lhe desferiu golpes de faca.
Fonte: Portal ODIA