sábado, dezembro 15, 2018

Família doa órgãos de jovem baleado na cabeça após reagir a assalto no Piauí

A liberação aconteceu depois que a vítima teve morte cerebral confirmada. Familiares informaram que o velório acontecerá na manhã deste sábado (15), na residência do jovem.
A família de Daniel dos Santos Silva, baleado com um tiro na cabeça após reagir a assalto, decidiu doar os órgãos, logo após a confirmação da morte cerebral do jovem. Segundo os familiares, o velório dele será realizado na manhã deste sábado (15) na casa da vítima.
A morte encefálica do jovem foi informada pelo Hospital de Urgência de Teresina (HUT) nesta sexta-feira (14). Segundo a assessoria da unidade, o corpo de Daniel continua ligado por aparelhos até remoção dos órgãos pela Central de Transplantes.
O paciente esteve internado em estado gravíssimo, sob observação na UTI, desde a madrugada de terça-feira (11) quando foi atingido por um disparo de arma de fogo na cabeça. Após três dias e exames clínicos foi decretada a morte cerebral.
O rapaz estava acompanhado da namorada quando foi surpreendido pelo assaltante. Autor do disparo foi preso no Parque Alvorada, onde estava escondido dentro de uma casa, e confessou ter atirado em Daniel, porque a vítima reagiu. O crime e o caso continua sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Fonte: G1/PI