sexta-feira, fevereiro 15, 2019

Ministra da Agricultura é recepcionada em Parnaíba pelo prefeito Mão Santa

                                      Ministra da Agricultura, Tereza Cristina
A Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, esteve na tarde desta quinta-feira em Parnaíba, em viagem técnica, acompanhada do presidente nacional da Embrapa, Sebastião Barbosa e do Secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, do Ministério da Agricultura, Fernando Schwanke.
Eles foram recebidos pelo prefeito Mão Santa no Aeroporto Internacional Dr. João Silva Filho, de onde seguiram para visitação à área implantada e em produção dos Tabuleiros Litorâneos, onde conversaram com irrigantes do Distrito e pessoas outras ligadas ao setor.
De lá vieram ao encontro de empresários, sindicalistas, produtores agrícolas, dentre outros empreendedores, no auditório da Federação das Indústrias, onde o prefeito Mão Santa aproveitou para entregar à visitante, o Diploma e a Medalha do Mérito Municipal. “Fico muito lisonjeada com esta comenda que prometo honrar”, disse a homenageada.
Presidente da federação das indústrias do Piauí Zé Filho saúda a ministra Tereza Cristina 
Fazendo uso da palavra o prefeito Mão Santa citou alguns exemplos da história de Parnaíba que a tornaram referência no Estado. Lembrou de agradecer o ex-deputado federal Heráclito Fortes que trouxe à Parnaíba os ex-ministros Moreira Franco e Pádua Andrade, posteriormente o próprio ex-presidente Temer, para que também contribuíssem para a conclusão do Distrito de Irrigação Tabuleiros Litorâneos – Ditalpi.
“Precisamos muito da senhora para que seja concluída a obra que é a maior vergonha administrativa deste Estado do Piauí, que estava há 11 anos parada. Com esta obra concluída vamos superar Petrolina. No passado alimentamos com 5 navios de Simplício Dias o sul do país e a Europa. Queremos alimentar novamente este mundo faminto”, disse o prefeito.
O Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Zé Filho, presente ao evento, disse que “faz vergonha ao parnaibano saber que lá (nos Tabuleiros) já foram investidos tantos recursos e a obra não está concluída. E esse é o grande sonho do parnaibano. E, como disse o prefeito, em um ano queremos a senhora aqui de volta para inaugurar a obra concluída. A senhora é conhecedora deste setor e, com certeza, vai nos ajudar na conclusão do senhor dos Tabuleiros”, destacou o presidente.
A ministra, por sua vez, começou seu discurso agradecendo o ex-deputado Heráclito Fortes: “Pra mim, um professor. O Estado brasileiro deve muito a ele. Sabe tudo, conhece tudo. E é um grande defensor do Piauí”, frisou.
“O presidente (Bolsonaro) nos pediu uma política de inclusão do pequeno produtor, os agricultores do nordeste. Não fui bem votado lá mas hoje sou o presidente de todos os brasileiros. E eu fiquei impressionada com o que vi nos Tabuleiros Litorâneos. Se não colocarmos políticas públicas para o pequeno produtor e não dermos assistência técnica, não adianta. Estamos aqui na missão de conversar, ouvir. A solução não está em Brasília. Queremos mais Brasil e menos Brasília”, pontuou. 
A ministra concluiu dizendo: “Vocês têm o início de um projeto exitoso, que precisa de conclusão. Sabemos que o Nordeste, o Piauí, precisa também de Porto, estradas e também acabar com a corrupção. Contem comigo. Em março volto ao Nordeste. Talvez voltemos aqui, já com boas notícias”. Em seguida, foi facultada a palavra para produtores rurais que se manifestaram fazendo reivindicações e entregando documentos neste sentido. O encontro foi finalizado com uma entrevista à imprensa, no American Bar da Fiepi.
Por: Bernardo Silva
Fotos: Gleitowney Miranda | Edição: Jornal da Parnaíba