sábado, abril 13, 2019

Operação Quaresma prende suspeitos de estupro, homicídio e latrocínio no Piauí

Doze pessoas foram presas nesta sexta-feira (12) na Operação Quaresma, deflagrada pela Polícia Civil do Piauí. Ao todo, foram expedidos 13 mandados de prisão contra suspeitos de vários crimes. Entre os presos está uma mulher suspeita de manter uma boca de fumo em sua casa.
           Delegado Willame Moraes. — Foto: Lucas Barbosa/G1
De acordo com o delegado Willame Moraes, coordenador da Divisão de Capturas (Dicap), a mulher presa tem outros familiares com mandados de prisão também em aberto. Ao todo, dos 13 mandados, quatro são de prisão preventiva e nove contra condenados pela Justiça.
Polícia apreendeu pinças que podem ter sido usadas em abortos. — Foto: Andrê Nascimento/G1
“Ela é bastante conhecia do mundo do crime, tanto ela como os familiares. A sentença condenatória é de mais de dez anos. E quando fomos cumprir o mandado, ficamos surpresos porque uma das pessoas que estavam no local também tinha mandado de prisão em aberto. Quando chegou na delegacia, a gente foi pesquisar, várias pessoas que fazem parte do círculo familiar dela também responde. Ou seja, é uma família do crime”, disse o delegado.
Willame destacou ainda que na casa onde ela foi presa, no bairro Água Mineral, Zona Norte, foram encontradas pinças e outros materiais cirúrgicos que podem ter sido usados em crimes de aborto, mas isso ainda será investigado.
Ele destacou que a Operação foi deflagrada com foco em condenados por crimes que mais afetam a sociedade, como homicídio, estupro, latrocínio e tráfico de drogas.
Fonte: G1/PI