quarta-feira, junho 12, 2019

Ação do MP-PI e Procon Municipal verifica preço dos combustíveis em Parnaíba

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta terça-feira (11), mais uma redução no preço da gasolina, desta vez na casa dos 3%. Nos últimos 10 dias o preço do combustível mais consumido no Brasil caiu um total de 10,2% nas refinarias. Mas entre os condutores de veículos é comum haver a sensação de que esta redução anunciada geralmente custa a ser percebida por quem precisa abastecer.
Para verificar os preços praticados pelos postos de combustível, em respeito ao Direito do Consumidor, o Ministério Público do Piauí (MP-PI), através do promotor Cristiano Peixoto, deflagrou uma ação na manhã desta quarta-feira (12), juntamente com o Procon Municipal de Parnaíba.
Os fiscais conferiram as notas de compra a fim de ver se a margem de lucro na operação de venda está dentro dos padrões razoáveis. O proprietário de um dos estabelecimentos fiscalizados, Marcos Samarone, argumenta que a defasagem entre o anúncio do Governo e a consequente redução no preço se dá devido ao processo que passa pela produção e distribuição do produto.
Ainda durante a ação, também foi feito um trabalho de aferição das bombas para saber se o consumidor está levando exatamente a quantidade que está sendo paga. Isso além de testar a qualidade do combustível. Neste aspecto, nenhuma irregularidade foi detectada.
Portal Costa Norte