terça-feira, maio 21, 2013

População sofre com a falta d'água na zona rural de Luís Correia.

Mesmo com o apoio do Exército Brasileiro no abastecimento d'água potável para os povoados considerados em estado de emergência que se caracteriza pela falta de chuvas, não supre as necessidades dos moradores da zona rural de Luís Correia, que por fazer parte de uma costa terrestre próximas da costa marítima que envolve o oceano atlântico, não se dar para obter uma água de qualidade para beber através de poços tubulares pois são atingidos pela maresia tornando assim a água bastante salobra sem nenhuma condição de consumo. Com isso a população vive do pouco que são recolhidos das chuvas nas cisternas. 
A grande preocupação é o difícil acesso para algumas localidades onde se torna ainda mais precária a situação. Por onde passamos pela a zona rural de Luís Correia e comum encontrar nos terreiros das casas, tambores para o armazenamento de água, que moradores colocam a espera dos carros pipas que não consegue abastecer todas as necessidades do povo.
Com poucas chuvas outra preocupação é a perda das plantações que agricultores são castigados com a seca e perde tudo o que plantou para seu sustento durante o verão, com isso um gasto a mais é inserido na busca da sobrevivência daquelas pessoas.

Com Informações e fotos 
Horlei Oliveira- Facebook