Justiça determina que ex-capitão Allison Wattson cumpra prisão em cela especial

                                    Foto: Reprodução/TV Cidade Verde
A Justiça autorizou que o ex-capitão da Polícia Militar, Allison Wattson da Silva Nascimento, cumpra prisão em cela especial na penitenciária Irmão Guido, em Teresina. Ele é acusado de matar a estudante Camilla Abreu. A decisão é da juíza Patrícia Luz Cavalcante, que está respondendo pela 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri. A magistrada alegou que Wattson pode usufruir do benefício, já que possui diploma em Curso de Ensino Superior.
Cogitou-se primeiramente a transferência do ex-policial para a Penitenciaria Regional José Arimatéia Barbosa Leite, em Campo Maior, no entanto, segundo a juíza, isso poderia dificultar o contato da família e demais direitos do acusado.
Allisson Wattson da Silva Nascimento foi expulso da PM no dia 04 de fevereiro deste ano. Por unanimidade, o Tribunal de Justiça do Piauí determinou a perda da patente e do posto do capitão da Polícia Militar do Piauí,.
No dia 1º de março, a TV Cidade Verde flagrou o ex-capitão ainda detido no Quartel da PM, em Teresina. No dia 8 de março, a então governadora em exercício, Regina Sousa (PT), assinou o decreto de exoneração de Alisson Wattson. 
O crime 
O corpo da estudante Camila Pereira Abreu, 21 anos, foi encontrado no povoado Mucuim, na zona rural de Teresina, no dia 31 de outubro de 2017. O capitão da PM na época, namorado de Camilla e suspeito do crime, levou a polícia até o local.
Informações Cidade Verde

Share on Google Plus

About Folha de Parnaíba

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.