População planta melancia e cana de açúcar nos buracos de rodovia no interior do Piauí

Os moradores dos bairros da zona Sul de Teresina e motoristas plantaram, capim, cana de açúcar, mamona e até mesmo melancia nos buracos aberto há mais de 6 meses, na rodovia BR-316, na zona Sul de Teresina. 
O agente de saúde e presidente da associação dos moradores do Residencial Porto Alegre, Ezequias Lopes fala que a plantação é uma forma de protesto contra os buracos e a falta de sinalização na região. 
"Estamos pedindo a Operação Tampa Buraco e que o governador dê um prazo para realizar a restauração da BR-316 e também pedimos a sinalização da entrada do Residencial Eduardo Costa." Diz Ezequeias Lopes.
O motorista, Miguel Ribeiro que está plantando melancias nos buracos, mora no conjunto Esplanada, afirma que a Polícia Rodoviária Federal - PRF estão mutando os motorista no valor de R$ 1.954 por trafegarem pelo acostamento, sendo que atualmente a rodovia está sob o dominío do Governo do Estado, a PRF está atuando onde o DNIT não tem jurisdição.
O motorista ainda afirma que estão protestando pelos seus direitos. "O índio veio para preservar a terra, mas o nosso 'índio' não está preservando nada. Queremos apenas o direito de ir e vim" afirmou o motorista. 
Com informações 180 Graus

Share on Google Plus

About Folha de Parnaíba

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.