Acusado de matar tio da namorada por ciúmes é condenado a 18 anos de prisão em Parnaíba

                     Réu deve cumprir pena na Penitenciária de Parnaíba 
Ronário Carneiro Vieira, acusado de matar José Edilson Pereira da Silva, foi condenado a 18 anos de prisão pelo Tribunal Popular do Júri em Parnaíba, Litoral do Piauí. O Ministério Público informou nesta quinta-feira (22) que o conselho de sentença reconheceu, por maioria de votos, que o réu praticou o homicídio qualificado. (REVEJA MATÉRIA)
O crime aconteceu no dia 27 de abril de 2017, quando a vítima foi ferida com três disparos de arma de fogo. Após os disparos, José Edilson chegou a ser socorrido e hospitalizado, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia 1 de maio do mesmo ano em decorrência de um traumatismo crânio encefálico e abdominal.
Segundo a investigação da Polícia Civil, Ronário Vieira namorava uma sobrinha de José Edilson e o crime foi motivado pelos ciúmes que o réu tinha da namorada com tio. Depois da decisão do júri, a juíza Maria do Perpétuo Socorro Ivani de Vasconcelos definiu a pena em 18 anos, 6 meses e 8 oito dias de reclusão, a ser cumprida em regime fechado na Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba.
Fonte: G1/PI

Compartilhar no Google Plus

Folha de Parnaíba

Repórter e comunicador, funcionário público concursado, idealizador do Portal Folha de Parnaíba. Pessoa humilde e trabalhador, autêntico, verdadeiro e temente a Deus. Email: folhadeparnaiba@hotmail.com .