quinta-feira, agosto 29, 2019

Morte do Boi Estrela Cadente reúne multidão no Bairro Joaz Souza

A morte do Boi Estrela Cadente, mais uma vez reuniu uma grande multidão no bairro Joaz Souza. O evento faz parte do calendário cultural parnaibano há 11 anos e vem progredindo com o passar do tempo. No sábado (24), o grupo percorreu as ruas dos bairros São Vicente de Paula, Rosápolis e encerrou no Joaz Souza, onde com muita festa e alegria foi recebido pelos moradores. 

O ritual da morte do boi é uma dádiva centenária que encanta todas as gerações e se reescreve com traços de tradição e modernidade. No Joaz Souza, o boi seguiu o que conta a tradição e pontualmente as 18h estava morto no pé do ‘morão’. O famoso “tangolear”, canto feito após a morte do morte e o famoso sangue do boi foram seguido à risca. 

O presidente do Grupo falou do ano vitorioso e da expectativa para 2020. “Foi um ano muito feliz para o Estrela Cadente. Conseguimos mais um titulo do boi infantil e mais um vice-campeonato adulto, porém esse tem sabor de vitória, pois foi a primeira vez que chegamos ao pódio com a participação de todos os bois de elite. Pra 2020 vamos vir mais ambiciosos e vamos querer progredir ainda mais, pode ter certeza” destacou Roberto William. 

Além de uma grande multidão que ficou até o final, o evento foi prestigiado por vários folcloristas e personalidades da cidade. O Presidente da Sociedade de Bois Batista Filho e o Vereador Carlson Pessoa, padrinho do grupo, estiveram do inicio ao fim. Destaque-se ainda a participação de historiadores do SESC Caixeral que aproveitaram o evento para registrar um documentário sobre a cultural popular.