No Piauí, musico é encontrado morto com cabeça queimada e órgãos genitais cortados

O brutal assassinato de Girleno Alves de Sousa, funcionário público, integrante da Banda Municipal de Música de Porto Piauí, precisa ser desvendado pelos entes que compõem a Justiça no Brasil.
Equipes de inteligência das polícias devem trabalhar no sentido de reunir peças do quebra-cabeça para corresponder à sociedade e chegar aos perversos meliantes que tiraram a vida do músico de 42 anos de idade.
Num dos primeiros passos, nos casos de grande comoção, é solicitada a quebra de seu sigilo telefônico para rastreamento das últimas ligações e mensagens nos aplicativos de conversa. A população pode ajudar, também, com denúncias anônimas.
O corpo de Girleno foi encontrado neste sábado (21) em estado avançado de decomposição, com sinais de violência, na zona rural do município de Campo Largo. Ele teve a cabeça e os órgãos genitais queimados por torturadores.
Familiares e amigos, enlutados, clamam por justiça e punição aos responsáveis pelo inescrupuloso crime qualificado que abalou e comoveu a sociedade daquela pacata cidade na região norte.
Fonte: Encarando.com

Compartilhar no Google Plus

Folha de Parnaíba

Repórter e comunicador, funcionário público concursado, idealizador do Portal Folha de Parnaíba. Pessoa humilde e trabalhador, autêntico, verdadeiro e temente a Deus. Email: folhadeparnaiba@hotmail.com .