sábado, dezembro 07, 2019

No Piauí, radiologista morre no hospital após ser baleado por PM durante desentendimento em bar

                                                  Foto: Arquivo pessoal 
Morreu na tarde deste sábado (07) o radiologista Rudson Vieira Batista. Ele foi baleado durante desentendimento com o policial militar, Max Kellysson Marques Marreiro, no domingo (01). Os dois estavam em um bar na região Norte, quando o policial efetuou o disparo contra a vítima em uma provável discussão.
A vítima estava internada no Hospital São Marcos, com a bala alojada na região da nuca, mas não resistiu. Rudson Vieira morreu após sofrer várias paradas cardíacas. 
O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) concedeu liberdade provisória ao policia lMax Kellysson. Após o disparo, o policial permaneceu no bar esperando a chegada da viatura da polícia. Com a decisão, fica suspenso o porte de arma do militar.
O corpo da vítima será velado em funerária na avenida Miguel Rosa, em Teresina. O corpo deve ser enterrado no município de Miguel Alves. 
A vítima era funcionário da Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi). A família informa que fará mobilização cobrando a prisão do policial suspeito do crime. 
Fonte: Cidade Verde