sábado, dezembro 28, 2019

Piauiense é morta a tiros ao recusar entregar celular a assaltantes no Maranhão

Uma mulher identificada como Simone da Costa Wanderley, de 32 anos, natural de Cabeceiras/PI, foi morta a tiros após recusar entregar celular a assaltantes nessa sexta-feira (27/12), no bairro Santa Cruz, em São Luís, capital do Maranhão. As informações são do Imirante.com.
Segundo informações de testemunhas, a vítima estava em um salão de beleza na rua 17 de Agosto, quando o local foi invadido por assaltantes.
Os suspeitos pediram que a cliente do salão entregasse o celular, mas ela se negou. Por isso, os bandidos dispararam dois tiros na cabeça de Simone da Costa, que teve morte imediata, sentada em uma cadeira.
Mulher foi morta sentada na cadeira Reprodução
A polícia ainda não tem a identificação dos autores do latrocínio.
O caso é investigado pela Superintendência de Homicídios e Proteção Pessoa (SHPP).
Simone Costa residia no povoado Pedras, zona rural. Ela havia viajado para São Luís-MA neste final de ano a fim de visitar parentes. Simone deixa órfãos três filhos menores, noticiou A Grande Barras.
Informações 180 Graus