terça-feira, dezembro 03, 2019

Suspeito de liderar quadrilha que explodiu agências bancárias é preso com armas em Campo Maior; VÍDEO

                                                 Foto: Divulgação PRF
O principal suspeito de liderar a quadrilha que explodiu as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica em Campo Maior (a 80 km de Teresina) no dia 30 de abril, foi preso na noite desta segunda-feira(02) na cidade. Marcelo Pimentel Cunha Nery, mais conhecido como "Marcelo Negão" furou uma barreira da Polícia Rodoviária Federal, por volta das 22h30 e após perseguição, invadiu uma loja de conveniência e fez o proprietário de refém. 
Marcelo Negrão estava com outro homem, identificado como Misael Queiroz Alves, em um veículo HB20, cor prata, que teria sido roubado em Teresina, trafegando pela BR-343, quando os policiais rodoviários pediram a parada para a fiscalização. O motorista então empreendeu fuga, a PRF iniciou a perseguição e pediu o apoio da PM, que conseguiu abordar o veículo no posto de combustíveis e a dupla fugiu.   VEJA O VÍDEO: 
Marcelo Negão foi encontrado por policiais militares do Batalhão de Campo Maior dentro da loja de conveniência, que encontraram o veículo e reconheceram o suspeito que tem mandado de prisão em aberto.
Misael conseguiu fugir, mas foi capturado por militares logo em seguida.
No interior do veículo foram encontrados: um Fuzil AK-47, 169 munições de 7,62, quatro carregadores de AK-47, uma pistola .40 com carregador e nove munições, bala-clava, material de uso pessoal, dois coletes a prova de balas, duas mochilas táticas e celulares.
Os homens, o veículo e todo o armamento apreendido foram encaminhados primeiramente pra Polícia Civil de Campo Maior e depois para o Grupo de Repressão ao Crime Organizado(Greco). Eles podem responder por roubo, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e associação criminosa.
Fonte: Cidade Verde