sábado, janeiro 25, 2020

Devendo bilhões, governo do Piauí quer mais prazo para renegociar dívidas que correspondem a 48% da receita corrente

                                  Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com
O governado Wellington Dias (PT) quer a renegociação da dívida do Piauí. Atualmente, o estado possui uma dívida que corresponde a 48% da receita corrente líquida. O governo quer um prazo mais longo e taxas mais baixas para seguir pagando a dívida.
De acordo com o governo, por ano são pagos mais ou menos cerca de R$ 450 milhões de dívidas. Com o alongamento, o valor anual poderá ser reduzir para cerca de R$ 250 milhões. 
O governador Wellington Dias afirma que mesmo com os recentes pedidos de empréstimos, a dívida do Piauí é uma das mais baixas do país. Se o alongamento ocorrer, o estado espera contar com uma economia de R$ 200 milhões, que poderá ser usada para investimentos. 
“Mesmo com a operação de crédito que fizemos, ficou algo em torno de 48% da receita corrente líquida. Com o possível alongamento da dívida, o estado terá mais recursos para investimentos. Assim, o estado terá aproximadamente R$ 200 milhões para investimentos e a boa notícia é que houve acordo sobre uma modelagem que foi apresentada pelo Governo Federal e a previsão é de que projeto deve ser editado na próxima semana”, informou.
Fonte: Cidade Verde