quinta-feira, janeiro 02, 2020

Homens presos após fingir serem policiais são indiciados por associação criminosa e roubo

Homens foram presos pela PRF em Teresina. — Foto: Divulgação/PRF
                                             Foto: Divulgação/PRF
Dois homens que se passavam por policiais para abordar e roubar veículos que foram presos no final de novembro foram indiciados por roubo majorado e associação criminosa. Pelo menos outros dois homens também são investigados por participação no roubo do carro, executado em novembro no município de Amarante. Os dois haviam sido soltos em audiência de custódia, no dia seguinte à prisão.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os policiais chegaram até o veículo após receberem denúncias de usuários através do número de emergência 191. Os homens abordaram o condutor do carro em uma estrada vicinal se passando por policiais usando coletes e distintivos falsos.
Os suspeitos foram presos no bairro Porto Alegre, em Amarante, com a caminhonete roubada, capas de coletes balísticos, dois celulares, um notebook, um par de algemas, um revólver calibre 38, com seis munições intactas, e ainda um simulacro de pistola ponto 40.
De acordo com o delegado Otony Neto, as informações seguem avançadas sobre os outros dois que estava com os eles no dia do crime e os dois presos já foram indiciados.
“Nos indiciamos os dois agora no final de dezembro e a investigação avançam no tocante aos outros dois envolvidos e a outros crimes e roubos cometidos por eles. O inquérito já foi remetido à justiça”, disse.
Fonte: G1/PRF