segunda-feira, fevereiro 24, 2020

Com turismo em queda, litoral piauiense recebeu poucos visitantes para o carnaval de 2020; VÍDEO

Triste realidade: Bares desertos na praia do Coqueiro em Luiz Correia no litoral piauiense. Os barraqueiros das praias do litoral piauiense lamentam pela baixa frequência e queda nas vendas que estão muito aquém das expectativas para o carnaval de 2020.
Pela primeira vez em muitos anos assistimos o litoral vazio em um sábado de carnaval. É com tristeza que chegamos ao sábado de carnaval, um dos melhores dias para os comerciantes do litoral piauiense, mas que este ano está parecendo um pesadelo.
Praça Nossa Senhora do Livramento (Praça do Coqueiro) que ficava sempre cheia durante todo o carnaval, hoje ficou vazia o dia todo. O carnaval piauiense que um dia já foi um dos melhores do Nordeste está abandonado dessa forma. Não temos atrações particulares e nem públicas. Os comerciantes do trade turístico de Luiz Correia, Ilha Grande, Cajueiro da Praia e Parnaíba viviam uma parte do ano com o que ganhavam no carnaval, mas neste estão amargando prejuízos. VEJA O VÍDEO:
Os empresários se queixam da burocracia exacerbada de vários órgãos públicos que não contribuem para que a economia do estado deslanche. A burocracia começa pelo Ministério Público com recomendações aos prefeitos que desejam fazer o carnaval.
Tráfego de veículo na Avenida Senador Joaquim Pires, a mais movimentada de Luiz Correia teve um dia de movimentação normal em pleno sábado de carnaval.
Empreendedores de 10 estados, que todo ano se juntavam em torno do carnaval, particular é verdade, para fazer o quarto maior evento do Brasil no litoral piauiense, em especial no município de Luiz Correa, e trazer mais de 30 milhões para o comércio dos quatro municípios praianos resolveram não realizar em 2020 por conta do excesso da burocracia
.
Por José Wilson | Jornal da Parnaíba