segunda-feira, fevereiro 17, 2020

Jornalista Ubiracy Sabóia morre aos 46 anos após complicações do câncer

                                          Foto: arquivo Cidade Verde
O jornalista Ubiracy Sabóia faleceu na manhã desta segunda-feira (17/2) após complicações de um câncer no intestino. Ele tinha 46 anos e estava internado no hospital Prontomed. Após a realização de um cirurgia, ele chegou a ficar alguns dias na UTI.
O jornalista descobriu um câncer em junho de 2019. O tumor era muito agressivo e após duas tentativas de tratamento quimioterápicos sem resultados em Teresina, os médicos decidiram buscar outros tratamentos em São Paulo. 
Os médicos do Hospital Sírio-Libanês, solicitaram exames das células cancerígenas que deveriam ser realizados no Sírio-Libanês e nos EUA. O envio do material médico, dos exames e o início do tratamento não foram cobertos pelo plano de saúde e uma campanha foi realizada para arrecadar R$ 36 mil.
Com uma campanha que contou com o apoio de colegas jornalistas e meios de comunicação do Piauí, quase R$ 60 mil foi arrecadado no site Vakinha para realização do tratamento.
Com a notícia do falecimento, vários colegas usaram as redes socais para lamentar.
Formado em jornalismo na Universidade Federal do Piauí, Ubiracy tinha grande experiência na área, atuando em meios de comunicação, em especial na área política. Nos últimos anos, ele teve passagem no Grupo Cidade Verde e por último no Blog do Bira, que deixou de ser atualizado em outubro de 2019.
Bira, como era conhecido, era filho de Pires de Sabóia, um ícone do jornalismo piauiense, que morreu em 2013 aos 67 anos após um infarto. Em 2017, a mãe de Ubiracy, Doroteia Bezerra de Sabóia, faleceu aos 76 anos, também após um infarto.
Ubiracy deixa esposa, filha e irmão, que reside em Fortaleza (CE). 
O velório vai acontecer na funerária Pax União, na avenida Miguel Rosa, Zona Sul de Teresina, a partir de 11h. O velório acontece no cemitério Jardim da Ressurreição às 16h desta segunda-feira (17/02).
Fonte: 180 Graus