sábado, abril 11, 2020

Governo do Piauí recebe R$ 18 milhões do Governo Federal para ações de combate ao Covid-19

                                              Foto: Folha de Parnaíba
Depois das críticas do governador Wellington Dias (PT), o Governo Federal creditou nas contas do estado o valor de R$ 18 milhões. O recurso faz parte do pacote de R$ 4 bilhões anunciado como forma de socorrer estados e municípios. Wellington Dias chegou a gravar um vídeo criticando a demora na liberação dos recursos.
O governador afirma que os R$ 18 milhões serão depositados na conta do Fundo Estadual de Saúde. Todo o dinheiro será utilizado para ações de combate ao coronavírus. 
“Vamos aqui prestar contas. O Governo Federal anunciou e creditou ontem cerca de R$ 4 bilhões para estados e municípios. São R$ 2 bilhões para estados e R$ 2 bilhões para municípios. Isso representar R$ 18 milhões para o Fundo Estadual de Saúde do Piauí. Cerca de R$ 5.60 por habitantes que se somou aqueles R$ 6.4 milhões que já havia sido enviado. Também foi feito um crédito semelhante para os municípios. Digo isso para dizer que todo esse dinheiro vamos aplicar no programa de enfrentamento ao coronavírus”, destacou.
O Governo do Piauí deve usar o recursos para compra cerca de 150 mil testes rápidos. O Estado espera ter um aumento no número de testagens, e com isso, um diagnóstico real da situação da propagação do vírus no estado. 
“Esses R$ 18 milhões são suficientes para o Estado pagar cerca de 150 mil exames, os testes rápidos que estamos adquirindo. O Piauí precisa na verdade de cerca de 500 mil exames para que nos 224 municípios possamos ter uma boa amostragem de quem tem coronavírus. É isso que queremos alcançar”, explicou.

A subnotificação dos casos de coronavírus no estado é uma preocupação do governo. Até o momento, a Secretaria de Saúde confirma 41 casos e sete mortes. Porém, devido a falta de testagem em número suficiente, o governo acredita que os casos de pessoas infectadas possam ser bem maiores.
Diante da crise econômica provocada pelo isolamento social, o governador afirma que no mês de abril, o Piauí deve perder R$ 320 milhões de receitas. 
“Neste momento estamos preocupados porque em abril deve se ter uma queda muito grande nas receitas dos estados devido a queda da economia. A estimativa é de 40% segundo economistas, o mercado e a própria Organização Mundial da Saúde. Isso significa que o Piauí vai perder R$ 320 milhões nas contas públicas. Por essa razão é muito importante a aprovação do programa emergencial da covid- 19. . Ele deve ser aprovado na segunda-feira na Câmara Federal e no Senado Federal. É uma espécie de compensação dessa perda para garantir as condições de manter a folha de pagamento, serviços funcionando e investimentos que estamos fazendo. A ausência dessa recurso significa uma desorganização e colapso no setor público. Significa fechar UTI, fechar leitos de estabilização, paralisar os investimentos e isso ninguém quer”, afirma.
Fonte: Cidade Verde