sábado, maio 02, 2020

Homem que matou piauiense e as duas filhas detalhou agonia das vítimas escrevendo em colunas

                                 Foto: Rafaela Duarte/ Diário do Nordeste
Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) conduziu na manhã deste sábado (02/05) o suspeito de ter cometido um triplo homicídio no bairro Messejana, em Fortaleza (CE). Antônio Humberto Santos, 46, é suspeito de ter assassinado a esposa e as duas filhas na noite de sexta (1º/05). As informações são do O Povo.
No local onde ele foi preso, um galpão próximo onde eles moravam, Humberto usou carvão para escrever, nas colunas de sustentação do imóvel, como a mulher e as crianças foram assassinadas. Ele chega a dar minúcias do sofrimento de cada uma ao serem mortas. A esposa dele era do Piauí.
Nas mensagens, ele dá detalhes sobre o sufocamento, as facadas e as últimas palavras de cada vítima. A veracidade das fatos foi confirmada pela assessoria da Polícia Militar. Na casa onde foi cometido o triplo homicídio, a família morava há mais de dez anos, segundo testemunhos de vizinhos aos policiais.
As vítimas foram identificadas como Josélia Nunes Moura Santos, 39; Clara Mayelle Nunes Moura Santos, 11; e Yonara Antonele Nunes Moura Santos, 4. As três foram encontradas com lesões de facadas e pauladas.
Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local do crime e realizaram os primeiros levantamentos do assassinato. O procedimento referente à prisão do homem está em andamento.
Fonte: 180Graus