quarta-feira, maio 27, 2020

Policial acusado de matar ex-companheira é expulso da PM/PI

                                        Imagem ilustrativa                                
O Comando Geral da Polícia Militar do Piauí, determinou a expulsão do cabo Francisco Antenor Soares Freitas, que foi preso em flagrante, acusado de matar a ex-companheira Ana Keila Gondim e tentar matar Anderson Bruno Oliveira do Nascimento. O crime aconteceu aconteceu no Conjunto Residencial Teresa Cristina, zona Sul de Teresina, no dia 1º de novembro de 2013. A decisão é do dia 27 de abril, mas foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nessa terça-feira (26).
A decisão deixa claro que o, agora ex-PM, infringiu os dispositivos legais e regulamentares previstos nos artigos 26 e 27 da Lei nº 3.808/81 do Estatuto dos Policiais Militares, comprometendo com suas condutas a moralidade, o pundonor policial militar e decoro da classe, bem como a honra e a imagem da Polícia Militar do Piauí e de cada um dos seus integrantes, considerando-o incapaz de permanecer nos quadros da PM.
O comandante-geral da corporação, Lindomar Castilho, determinou ainda a intimação de Francisco Antenor e seu defensor para que seja apresentado recurso no prazo no prazo e formas estabelecidos na Lei 3.729/1980.
Entretanto, a PM esclareceu que, nesse momento, não vai cumprir a determinação, tendo em vista que os prazos administrativos estão suspensos até o dia 31 de junho, podendo ser prorrogado por mais tempo. Mas assim as atividades voltarem a sua normalidade a determinação será cumprida.
Fonte: Encarando.com