domingo, agosto 16, 2020

Soldado é expulso da PM acusado de matar motorista em Teresina

A expulsão do soldado aposentado foi assinada pelo comandante da PM-PI, coronel Lindomar Castilho e publicada no Diário Oficial do Estado na última quarta-feira (12/08).
O soldado aposentado Leandro Reis Alves de Oliveira foi expulso da Polícia Militar do Piauí, após ser acusado de envolvimento na morte do motorista de ônibus Manoel Messias Ramos Ferreira em 21 setembro de 2014, em Teresina.
A expulsão do soldado aposentado foi assinada pelo comandante da PM-PI, coronel Lindomar Castilho e publicada no Diário Oficial do Estado na última quarta-feira (12/08). Apesar da comissão processante ter votado pela permanência do soldado nos quadros da PM, o comandante da corporação resolveu concordar com a decisão da Procuradoria Geral do Estado - PGE, que recomendou a expulsão do policial por ter cometido transgressões de graves.
Segundo a acusação, Leandro Reis Alves de Oliveira juntamente com o ex-soldado Francisco Wellington da Silva Sousa, expulso da PM em 2015, são acusados de serem integrantes de uma quadrilha responsável por realizar assaltos em várias regiões de Teresina e matar o motorista Manoel Messias, que também integravam o grupo criminoso. A vítima foi executada a tiros porque estava extorquino os membros da quadrilha.
Fonte: Meio Norte