sexta-feira, setembro 11, 2020

Seis pessoas são presas suspeitas de falsificar carteiras de trabalho e de identidade no Piauí

Documentos falsos
Seis pessoas foram presas nessa quarta-feira (9) por suspeita de falsificação de documentos. Segundo a Polícia Militar, as pessoas foram flagradas com mais de 40 documentos falsificados em uma barreira policial em Jacobina do Piauí, a 446 km de Teresina. Entre os presos estavam dois idosos, que estavam com os documentos falsos de vários estados.
Barreira policial
De acordo com o major Félix dos Santos, comandante da Polícia Militar de Paulistana, as seis pessoas foram abordadas após desviarem de uma barreira policial. Na abordagem, foram encontrados 41 documentos falsos, como carteiras de trabalho e carteiras de Identidade.
Entre as seis pessoas presas dentro do veículo, haviam dois idosos. A maioria dos documentos falsificados estavam com os nomes e fotos dos dois idosos, mas informando empregos diferentes, registrados em estados diferentes.
"O curioso é que utilizavam uma mesma foto em várias Carteiras de Trabalho, com registro de empregos e estados diferentes. Uma senhora já de idade tinha em torno de oito documentos que, ao que tudo indica, são falsos", disse.
"Havia também um senhor de idade, que afirma ser indígena e que mora em uma aldeia no Maranhão. Ele foi conduzido à delegacia porque constava suas informações em vários documentos falsificados", disse o major Félix.
De acordo com o comandante, foram encontradas impressoras, carimbos e objetos que caracterizam a prática de falsificação de documentos
A Delegacia de Paulistana investiga o caso para identificar como o grupo atuava e quais os objetivos da falsificação das carteiras de Trabalho e Identidade, além de documentos da Previdência Social.
Fonte: G1/PI